Sense8 não recomendado para preconceituosos de plantão.

images (1)Definitivamente, Sense8 não é uma série comum e muito menos para qualquer um aficionado em séries, muito menos àqueles que defendem os valores morais da “família tradicional brasileira” (Jair Bolsonaro, Marcos Feliciano, etc.) ao cometer a ousadia de tratar personagens gays e transgêneros como seres humanos. (Falo mesmo, não sou baú!)

Apesar de Sense8 não ser uma série GLS, é uma série onde alguns dos personagens fogem do padrão heterossexual da TV, mas essa não é sua motivação principal.
Sense8 é uma mistura de transgressões e Heroes sem poderes especiais.

20150608sense8A história foi escrita pelos Irmãos Wachoswski (The Matrix) e J. Michael Straczynski (Babylon 5, Moonshadow e uma porrada de coisas bacanas que todos nós adoramos), e mais ousado do que mostrar pirocas e cenas de sexo hardcore, foi a ideia de contar oito histórias simultâneas e entrelaçadas, sem perder o fio da meada. No fim deu certo, acreditem!

O conceito de Sense8 é que por algum motivo misterioso oito pessoas passam a compartilhar suas consciências, eventualmente aparecendo umas para as outras, mesmo morando em lugares bem distantes.

Seguem as “regrinhas do jogo”:

1 — você transporta sua consciência até aonde a outra pessoa está, e “aparece pra ela” ou…

2 — você incorpora sua consciência na outra pessoa, usando suas habilidades, para realizar ações impossíveis para outro;

E os nossos Heroes são:

images (2)

um galã canastrão latino que não saiu do armário;
um motorista de van em Nairobi;
uma farmacêutica na Índia;
uma banqueira estilo Karete Kid;
um policial em Chicago;
um ladrão e chaveiro na Alemanha;
uma DJ islandesa em Londres;
uma hacker transexual lésbica em São Francisco.

imagesO policial é inicialmente contatado por um tal de Jonas, interpretado por Naveen Andrews, o Sayd de Lost. Ele é uma espécie de Mohinder Suresh levemente menos incompetente, e quer salvar os Sensates da EvilCorp™ (ops, essa é outra série). Da empresa conspiradora malvada implacável.

Enquanto o vilão Whispers, um sensate do mal fecha o cerco atrás dos protagonistas, as vidas deles vão acontecendo, cada um em um canto do mundo. Inicialmente isoladas, eles vão aos poucos aprendendo a se comunicar. É simplesmente perfect a cena em que Capheus, o motorista africano vai atrás dos bandidos que roubaram os passageiros de sua van, a Van-Damn (ele é fanático pelo Jean Claude, que não é doido pelo Dragão Branco com cara de mocinho? kkk). Ele inicialmente apanha, mas a coreana chutadora de bundas está no meio de uma briga também, se conecta e controlando o corpo de Capheus senta a porrada nuns 4 ou 5 bandidos.

Como toda boa ficção científica, Sense8 não é sobre tecnologia, é sobre pessoas. Muito rapidamente você começa a se interessar pelas histórias, e não liga se ninguém passou meia-hora explicando como os Sense8 se comunicam, qual o alcance, quantos Midichlorians precisam.

No fim, ufa!

Sense8 foge do discurso panfletário e enfia goela abaixo do espectador a verdade que personagens de minorias pouco representadas podem funcionar tão bem quanto quaisquer outros, eles estão ali, fazem parte da trama, e se isso te incomoda, problema seu.

A série também é uma espécie de Anti-Vingadores, Anti-Heroes. Ninguém é especial, todo mundo é comum, mas a lição, que cai como uma tonelada de tijolos quando a gente percebe, é que pessoas comuns são capazes de feitos incríveis quando trabalham juntas.

Uma pena que 46 anos atrás 100 mil pessoas perceberam isso e mandaram um homem para a Lua, e hoje essa idéia de colaborar uns com os outros é tão alienígena que vira tema de uma série de ficção científica.

2 comentários sobre “Sense8 não recomendado para preconceituosos de plantão.

  1. Tenho acompanhado a série e é exatamente tudo isso que vc descreveu. Uma série complexa não pela ficção que propõe, mas pelas personagens que são totalmente diferentes.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.