Julieta Capuleto x Giulietta Tolomei – PARTE FINAL (4)

Era o dia seguinte eu já estava acordada no quarto, no aguardo das visitas, e estava aqui refletindo. Senti a morte dominar cada parte do meu corpo, menos o meu coração… Não desisti em momento algum de viver, pois sabia que não poderia deixar minha amada Julieta aqui, graças ao amor pela profissão os médicos me salvaram, e pela minha reluta entre a vida e a morte.

Eu lutei com a morte diversas vezes nos meus pensamentos, foi pavoroso!

— Giulietta! Figlia!

Meus pais me abraçaram e meus parentes também, todos cuidadosamente vieram e se ajoelharam diante de mim…

— És a nossa heroína Giulietta!
— Pèrche?(Risos)
— Porque graças a sua coragem… Nossa família está unida com a dos Capuleto novamente. Trouxe a paz minha querida sobrinha!
— Eu fiz o que era preciso… Sacrifiquei-me por amor. Em nome do amor, e onde estão os Capuletos?
— Estão lá fora, esperando nós sairmos… Pra entrar e cumprimentar você.
— A Julieta… Está com eles?
— Sim senhorita, ela está! (Risos)
— Ela está bem?
— Julieta… Está desacordada, teve uma queda de pressão, mas creio que… Já já acordará e virás aqui. Com sua licença sobrinha, eu irei me retirar, fique bem… Melhoras.
— Grazie tio, e seu filho era como um irmão pra mim… E eu estava disposta a vingá-lo.
— Não… Isso só traria mais guerra, obrigada você por seu ato de coragem salvar a honra de nossa família.

Meus pais mandaram um beijo pra mim de longe, e os Capuletos entraram. Eu até me ajeitei na cama… E olhei aos olhos da mãe de Julieta, agora sei da onde adquiriu tamanha beleza. Eles beijaram minha mão, e se ajoelharam também diante de mim.

— Grazie senhorita Tolomei! Por salvar nosso sobrinho. E por nos ensinar a amar o próximo. Sua bravura está sendo reconhecida em todo o mundo. Todos nós estávamos torcendo por sua recuperação. Meu sobrinho está lá fora confortando a minha filha, que passou mal. Eles entrarão daqui a pouco, espero que minha filha conforte você. Ela me contou tudo sobre vocês, e eu te abençoo, assim como abençoo a sua família; Per favore, a faça feliz.

— Eu prometo com a minha vida, que irei fazê-la feliz pelo resto da minha vida senhor Fabrício Capuleto, eu vos amo!

— Se amas minha filha, nós amamos vocês também!

Eles apertaram minha mão e se retiraram, eu comecei a chorar como nunca antes… Mas foram lágrimas de LIBERTAÇÃO!

Um comentário sobre “Julieta Capuleto x Giulietta Tolomei – PARTE FINAL (4)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.