Julieta Capuleto x Giulietta Tolomei – PARTE FINAL!

— Julieta!

— Hm?

— Está bem?

— Acho que sim… Por que está com este sorriso besta aos lábios?

— Vamos ao quarto da sua amada… E saberás.

— Ir ao quarto? Não me diga que…

— Sim! Sim! Giulietta está ótima! VAMOS! Andiamo!

— GIULIETTA! DIO MIO! GRAZIE DIO!

Eu estava chorando tanto e eu não podia chorar, por conta dos curativos. Não sei como ela deve estar, estou tão preocupada com a minha amada.
Quando ouço a voz angelical tomar conta daquele ambiente…

— Giulietta…

Nossos olhares se cruzaram, e havia lágrimas lindas escorrendo ao rosto de minha amada. E eu assim também derramei as minhas para ela.

— Julieta… Mio amore! Perdonami!

— Non! Você só fez o que seu coração ordenou fazer… Eu te amo muito! E em momento algum, perdi a esperança em você, pois você é a mulher mais forte que eu já conheci;

Beijei aqueles lábios cuja a própria vida bebia naquela fonte divina, eu me senti viva novamente a partir do momento em que a beijei. Senti minha alma festejar, dançar!

— Meu pai deve ter dito-lhe…

— Sim, mas depois eu lembrei que me dissestes que terias de mentir pra ele. Porém naquele momento em que eu ouvi, me senti morrer com a minha antepassada, com uma adaga fincada ao peito.

— Mio amore… Non parlare cosí. Eu te amo tanto. Graças a você é que temos paz novamente, e não a mim. Pois você quem me destes o amor.

— Finalmente estamos libertas do ódio de nossas famílias, e fomos aceitas por nos amarmos como qualquer outro ser humano meu amor, eu quero poder te dar filhos. Quantos você quer?

— Dois filhos amore! Ahhh que saudades eu estava de ouvir sua voz, de ver seus traços divinos… Sua beleza me faz morrer todos os dias de amor por você.

O primo dela apareceu e assim se ajoelhou diante de mim e disse.

— És a prova concreta de que o próprio amor… Te invejarias diante de seu ato corajoso. Tens o meu respeito senhorita Tolomei, e faça minha amada prima feliz. Meus cumprimentos! E obrigada por salvar a minha vida, de perdoe-me por ter feito aquilo… Seu pai é um grande homem!

— Vem cá!

Eu o abracei forte, e chorei aos ombros dele, ele também chorou, e depois de enxugar minhas lágrimas, e eu as dele ele se retirou, e Julieta ficou deitada um tempo comigo na cama, abraçada.

— Vamos nos casar na praia como desejastes antes, não é meu amor?
— Sim! E nossa noite de núpcias será numa ilha deserta…
— Você manda minha senhora…

Passou-se três dias, eu levei alta, e quando eu saí do hospital de mãos dadas com a Julieta Capuleto as demais pessoas se espantaram, pois demos um belíssimo beijo na boca, e a nossa família foi pra frente do hospital nos aplaudir, e sem demorar muito todos fizeram o mesmo, mesmo sem entenderam nada. E jogaram rosas pra nós duas… E gritaram.

— VIVA AOS CAPULETO E AOS TOLOMEI!

E assim foi a história mais intensa de amor… Que é a da Giulietta Tolomei Capuleto com a sua senhora Julieta Capuleto Tolomei. As famílias tornaram as empresas em uma só, em homenagem as duas filhas de cada senhor das famílias.

Segundo a lenda… As duas foram a reencarnação de Romeu e Julieta após séculos em pleno sono da morte, despertaram novamente nas almas dessas duas amantes. que provaram ao mundo que o amor não escolhe a quem amar, independente de sexo, religião, etnia e posição social. APENAS AMEM E SENTIRÃO A PAZ QUE É! QUE DEUS ABENÇOE PRA SEMPRE. AS DUAS CASAS!

FIM… ESPERO QUE TENHAM GOSTADO AMADAS DA Julieta…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s