O poder de um login

identidade

 

E num mundo plenamente ajustável.

As redes sociais seguem ditando regras.

Quem é frequentador assíduo sabe bem do que estou falando.

Vamos lá às regras do convívio no mundo fictício digital :

Pode elogiar.

Pode reclamar.

Pode posar com animais fofinhos.

Pode postar fotos de desastres naturais.

Pode postar fotos chocantes e sanguinolentas.

Pode postar foto do seu dote físico.

Pode postar imagem de qualquer coisa que seja apetitosa.

Pode mostrar a foto da academia em que vc malha, yeah, vc cuida do corpo e do espírito tb!

Pode compartilhar poemas, músicas, filmes que comprovem seu intelecto.

Pode postar críticas ao governo, uma dica, está fora de moda apoiar o PT. Cuidado!

Pode colocar citações de livros que vc nunca leu ou lerá.

Pode postar foto de todos os santos, com orações e correntes de fé.

Pode mandar indireta sem pensar no amanhã.

Pode postar declarações de amor pra quem vc ama.

Pode postar declarações de ódio pra quem vc odeia, oops, pra isso existem as indiretas tá?

Pode posar de calendário e informar o dia de hoje.

Pode até fingir que não dá a mínima para o tal universo cibernético.

Pronto.

Sacou a controvérsia?

Existir e ser alguém no facebook é tarefa árdua.

Poucos são aqueles que conseguem fugir dos estereótipos impostos pela rede social.

Tem pessoas dos mais variados tipos de humor.

Tem a chata pessimista.

Tem a irônica reclamona (Eu!!!!!!).

Tem a divertida que conta piada e ri sozinha (Euuuuu!!!)

Tem o vaidoso que mostra o corpo.

Tem o invejoso que odeia o sucesso alheio.

Tem a anarquista que não fala coisa com coisa nenhuma.

Tem quem diga amar os animais acima de todas as coisas.

Tem o político que fala sobre seus próprios feitos.

Tem o paquerador barato.

Tem a periguete barata.

Tem até cão e gato posando de seres humanos.

O facebook é realmente uma salada com todo tipo de tempero.

Raros são aqueles que conseguem evita-lo.

Desse eu realmente sinto uma pontinha de inveja.

Mas, tem milhões de outros que vivem em função de postar a rotina diária com um binóculo apontado pra lua.

Ainda não cheguei ao nível supremo do exibicionismo.

Mas um dia chego lá.

Porque postar é viver.

Postar é respirar.

Postar é ter uma identidade nessa selva de emaranhados de fios e clicks.

Quem não é visto, não é lembrado.

E viva o Facebook!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s