Sobre lutar

Vale a pena lutar contra a maré?

É uma pergunta que esporadicamente me perguntei durante toda a minha vida. Nós que somos gays, lésbicas, transsexuais, travestis, bissexuais e afins durante nossas vidas sempre nos deparamos com essa pergunta, principalmente quando estamos envolvidos em um relacionamento.

Às vezes a briga é interna nosso eu, moldado por essa sociedade suja e hipócrita, machista e cristã, vive durante conflito entre a auto-aceitação e não aceitação. Daí entra a família, que não aceita, que não quer e não respeita e o saco de dor, lágrimas e tristeza só aumenta. Daí entra a sociedade, a igreja, o trabalho que é preconceituoso. E você vive ouvindo comentários desse tipo:

ah! eu não sou preconceituosa, mas não toque no meu filho porque talvez esse “negócio” que você tem possa passar pra ele..

ah! nós não fazemos distinção de gênero, nem segregamos pessoas homo-afetivas, mas você tem que usar maquiagem e se vestir bem feminina porque não podemos chocar os clientes…

Entre outros tantos comentários imbecis e preconceituosos que nós somos obrigados a ouvir e fazer cara de paisagem pra muito serumaninho que acha que ser hétero é ser fodão!

Vale a pena sim, e vale muito a pena lutar pelo que você acredite, lutar por aquilo que você ama, lutar para que seu direitos sejam respeitados, lutar para ser respeitado como qualquer outra pessoa desse mundo.

Então lute!

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.