Um amor além da amizade

Não tinha nada demais no bilhete, mas Letícia sabia muito bem que o desejo de Paula era igual ao seu, a ponto de não aguentarem mais. E nem mesmo Paula tinha saído da sala, Letícia foi atrás. Mal entraram no banheiro, travaram a porta e se entregaram aos beijos.

– você é louca? Aqui na escola! E se alguém nos apanha aqui!

– precisava te beijar! Não estava aguentando mais. Se não fosse agora seria na sala! – as duas riram.

– como assim na sala? Ficou maluca? Assim você me deixa sem fôlego.

– vamos embora pra casa? Não aguento esperar pelo fim da aula.

– não senhora! A aula já está acabando esperou ate agora espera só mais um pouquinho! Mas antes me dá mais um beijo que você assim eu não resisto.

Chegaram à sala no fim da aula, elas só pegaram os livros e saíram de mãos dadas conversando com as outras amigas.

Apesar da discussão com Thiago o resto da manhã tinha sido maravilhosa, chegar em casa era tudo o que elas mais desejavam.

– oi meninas! Como foi a aula? Então, vocês querem almoçar em casa ou querem esperar e almoçar comigo mais tarde?

– mãe, eu acho melhor a gente ir pra casa logo, nós arrumamos uma coisa lá pra comer e a Senhora fica sossegada.

– eu também concordo! Afinal a senhora é uma pessoa tão ocupada.

– vocês tão com uma cara de que tão querendo aprontar algumas. Não é verdade? Bem, mas, como eu sou uma mãe moderna eu deixo. – as três riram. – Então só não ponham fogo na casa ok? Até mais tarde.

– trás algum filme pra gente ver! Até mais mãe!

– Até que enfim, sós! Pensei que essa hora nunca fosse chegar. O momento em que eu pudesse ficar assim pertinho de você, sem ter que me preocupar com olhares alheios, pra te beijar e encher de carinho.

– nem me fale eu estava ansiosa pra estar sozinha contigo. Não ter que fingir que somos somente amigas.

– nem acredito que você vai passar cinco dias dormindo e acordando ao meu lado, isso vai ser maravilhoso! Poder te amar todos os dias.

– humm, então a mocinha estava com saudades de mim, era? Então pára de conversa e vem aqui que eu também não agüento mais de vontade de você.

Letícia não aguentava mais esperar, os beijos no banheiro ascenderam nela um desejo incontrolável, não podia simplesmente ficar olhando Paula, o que Letícia queria era sentir Paula mais uma vez, ter seu corpo junto ao dela. E esse desejo tomava conta de seu corpo e agora também de Paula que já ansiava estar nos braços de sua amada.

Elas se beijaram ali mesmo na cozinha, cheias de mãos, desejos, derrubando tudo que estavam a sua volta. A respiração ofegante entrecortada por sussurros, como se sobre elas tivessem derramado favos de libido, as deixando incontroláveis. Seus corpos se desejavam mais que nunca e ali mesmo no meio da cozinha uniram-se ao mesmo desejo e ao mesmo prazer. A união e o calor de seus corpos selaram não só seus corpos, mas algo muito mais forte e impetuoso do que união física. Suas almas se uniam e enlaçaram-se.

– fica comigo pro resto da vida?

– fico! Sou toda sua. Pro resto da vida!

– me promete uma coisa?

– prometo o que você quiser.

– que você nunca vai me esquecer e que nada e nem ninguém nesse mundo vai atrapalhar o nosso amor?

– prometo. Você sempre será o meu primeiro e único amor! Nem que se passe a minha vida toda, mesmo que nossos caminhos tomem rumos diferentes, você estará sempre dentro do meu coração.

– amor, eu não queria me precipitar, mas acho que não há hora melhor pra te dizer isso! Pensei que talvez nunca fosse falar isso pra alguém, mas vejo que estava enganada você é a pessoa certa e eu preciso que você saiba que eu amo você. A cada dia amo mais e mais, estou aprendendo amar contigo.

– como é maravilhoso ouvir isso de você. Sempre tive medo de amar e não ser correspondida e agora ouvi você falando que me ama ver você pronunciar estas palavras, você me emociona demais. Eu também te amo muito e isso já faz algum tempo, só que eu não entendia a real essência desse amor, ficava perturbada, desnorteada e sem entender nada, mas hoje sei muito bem o que sinto por você. Mas, vamos pro quarto que ficar nua na cozinha de casa é meio perigoso! – as duas riram – você não acha?

– meu Deus! Nem tinha me dado conta de que ainda estamos aqui! Imagina se sua mãe chega e nos vê assim.

Elas então subiram pro quarto aos beijos e lá continuaram a conhecer seus corpos até adormecerem.

Um comentário sobre “Um amor além da amizade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s