O Brasil quer viver livre de censura

Não se deixe confundir com o falso moralismo instalado em nosso país.
Tenho uma coisa a dizer a vocês: O que ocorreu na apresentação artística não é um ato de exploração ou abuso de um menor. Se você não concorda, não acha certo, você tem todo o direito de não concordar e expor a sua opinião e até mesmo de proibir seus filhos e filhas de ver. Afinal, vivemos em um país livre de CENSURA.
Proibir a arte é o reverso de tudo isso, proibir a arte é censurar uma forma de expressão. É um absurdo que um grupo de pessoas se deixem influenciar, que virem massa na mão de um grupo político que tem por desejo maior humilhar, diminuir, segregar ou porque não dizer, acabar com toda e qualquer tipo de diversidade que venha a ter em nosso país.

Exploração sexual ou abuso de menor é um crime gravíssimo que por tanto anos denunciei aqui – nesse mesmo site – e que muitos moralistas, durante muito tempo fizeram vista grossa. Pedofilia foi o que Adail Pinheiro fez às suas vítimas. Durante anos estive ao lado de tantos outros lutando pela prisão desse criminoso e quando buscávamos apoio da população pra exigir o julgamento desse homem, os mesmos moralistas que vivem hoje aos berros por causa de uma exposição artística onde um homem nu faz expressão corporal, ficaram calados, não compareceram, nem se quer se manisfestaram.

Pare de gritar e reflita, não é porque você não gosta que não deve ser permitido, a liberdade que temos hoje no país serve pra você ver ou não ver, ouvir ou não ouvir, falar ou não falar.
É você que decide e não o governo que decide por você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s