O dia hoje amanheceu nublado
como sempre amanhece
quando dos teus braços
sem querer eu me afasto.

Incrivelmente
Sabiamente
indubitavelmente
meu corpo sabe e reconhece
que da rotina do seu corpo
ele se faz cativo.
Assim por vontade,
assim comandado.

Porque deveras enamorado
da tua pele e com ela o cheiro
nada lhe passa alheio
levando em conta
a rotina dos seus beijos
o frescor da tua pele
e o adocicado da tua boca,
aprisionado ele se sente
nas garras da amante ardente
se faz apaixonado.

Que venham as tempestades!
As fortes e torrenciais,
umidificantes e intensas.
Que não sobre nada,
que não seja

aquele leve sussurro,
aquele olhar profundo,
o respirar ofegante
da bonança morna,
da leve brisa e
do toque pungente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s