Flutua de Johnny Hooker com Liniker toca nossos corações

Beijo gay, homofobia e violência no novo clipe de Johnny Hooker, com participação de Liniker  faz alerta contra preconceito, intolerância, discriminação e abre um belíssimo espaço para inclusão de pessoas com deficiência

Quem ainda não viu, tem que ver! É lindo em tudo, e triste também, afinal a violência gratuita à pessoas LGBTTQ ainda é uma grande barreira que a nossa sociedade precisa vencer.

O clipe tem como narrativa a história de um casal vítima do preconceito: primeiro por não terem coragem de assumir o relacionamento e, depois, pela agressão física sofrida por Maurício diante de um tímido e constrangido beijo dos dois em público.

“Baby, eu já cansei de me esconder

Entre olhares, sussurros com você

Somos dois homens e nada mais”.

O próprio Hooker desenvolveu o roteiro, em parceria com Daniel Ribeiro, diretor do filme Hoje eu quero voltar sozinho, também estrelado por um personagem gay com deficiência física. O clipe foi dirigido por Renato Spencer. Em Flutua, o casal conversa entre si e com outros amigos em Libras.

“Tem uma questão muito importante dentro da história, que é a coisa inclusiva. Fala desses namoros quase impossíveis e essa violência com que a gente tem que lidar o tempo todo. da sociedade em cima do homossexual, todo tipo de preconceito que a gente tem que enfrentar. Quando a gente alia isso também a uma questão física, acho que a gente ganha ainda mais força, por representar um lugar do social que, na maioria das vezes, a gente não trabalha. A gente não sabe lidar muito bem com a coisa”, defende Jesuíta.

As cenas de violência são apresentadas sem música. O silêncio intensifica a mensagem e a agressividade da homofobia, materializada nos alarmantes índices de homicídios, no país onde mais pessoas travestis e transexuais são mortos no mundo, de acordo com a Associação Internacional de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros e Intersexuais  – em 2016, foram 347 mortes.

“Ninguém vai poder querer nos dizer como amar”

É um grito de desabafo importante neste ano que está terminando marcado por tanta intolerância. Flutua é uma das 11 faixas inéditas do álbum Coração, lançado em julho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s