#PedofiliaéCrime: protesto em Manaus contra desembargador suspeito de violentar neta

Há um mês mãe da vítima apresentou a denúncia ao Ministério Público contra desembargador

Um protesto realizado por familiares e amigos da adolescente que teria sido abusada pelo próprio avô, o desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Amazonas Rafael de Araújo Romano foi realizado nesta segunda-feira (19) em frente à sede do Poder Judiciário.

Nas faixas e camisetas, pedido por justiça. Motoristas que aceitavam participar recebiam um adesivo no carro com um alerta contra crimes dessa natureza.

Há um mês a ex-nora do desembargador aposentado apresentou a denúncia ao Ministério Público de que Romano teria abusado sexualmente da própria neta.

No depoimento prestado ao MP a adolescente,

de 15 anos, disse que sofreu os abusos do avô desde que tinha sete anos.

O inquérito está na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente. O prazo de investigação é de 30 dias e vence no fim deste mês.

Rafael Romano atuou no Juizado da Infância e da Juventude no Amazonas e foi relator da operação Estocolmo, deflagrada em 2012 para combater o crime de exploração sexual de jovens no Amazonas, envolvendo políticos, entre eles o ex-prefeito de Coari Adail Pinheiro, e empresários.

O advogado de Romano, José Carlos Cavalcanti Junior, disse à Rede Amazônica que o desembargador é inocente e que o avô da jovem estaria preocupado com a exposição da neta após a repercussão do caso.

Fonte: G1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s