#GREVEDOSPROFESSORESAM: JUSTIÇA QUER CALA A VOZ DOS PROFESSORES

Segunda feira com gosto amargo de injustiça.

A desembargadora Maria do Perpétuo Socorro Guedes Moura, da Segunda Câmara Cível TJ-AM, determinou a suspensão da greve dos professores, e ainda decretou multa diária entre R$ 20 mil e R$ 400 mil em caso de descumprimento.
Cobrar este valor para quem não recebe nem 3mil reais por mês é um absurdo! Ainda mais quando você lembra que há exatos 11 dias atrás, juízes e magistrados entravam em greve por causa do auxílio moradia, no valor de R$ 4,377 mil, pasmem amigos, só o auxílio moradia desses senhores é bem maior que o salário de um professor!
Esse é o país da desigualdade, por mais legítimo que seja, esses “auxílios” que tanto juízes e políticos recebem é uma imoralidade quando pensamos nas milhares de pessoas que minguam nos corredores dos hospitais, nas pessoas que não tem dinheiro pra comprar seus medicamentos, nas que passam fome sem emprego por aí, quando pensamos que o salário de um professor não chega a ser igual ao auxílio moradia dos juízes do Brasil.
O BRASIL É O PAÍS DA DESIGUALDADE, DOS ABSURDOS. Existem um reforma que deve ser feita e essa reforma deve primeiramente atingir os que mais recebem no país e não há parcela mais pobre!
#nalutapelaeducação #euapoioprofessor #apoiototalaoprofessor #grevenaeducação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s