O entalo de estimação

Tem um entalo aqui dentro

não sei definir ao certo

o lugar exato onde ele vive.

Há tempos que vive em minha garganta

e nada engulo,

pouco respiro,

quase nada falo.

Somente sinto.

 

Porém, há dias que vive em meu estômago

e a digestão fica terrível,

tudo fica intragável,

aquele gosto horrível

de sabor amargo

de sempre se sentir vazio.

 

Tem dias que fica nos olhos e então,

nesses dias, é bem pior

é incontrolável

qualquer coisa derrama

deságua

umidece

encharca

e não existem palavras nesse mundo

que façam esse entalo sumir,

acabar,

deixar de existir.

 

 

 

27 comentários sobre “O entalo de estimação

  1. Adorei o modo como construiu os versos, senti-me muito envolvida nas suas palavras e consegui interceptar a mensagem! Identifiquei-me com algumas partes, adorei o modo como fez essa analogia para se referir a uma sensação que muitas vezes sentimos!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.