Last Kiss

Eu sigo indo

indo mesmo, como quem foge em debandada

Não quero despedidas,

adeuses e lágrimas,

nem mesmo àquele último olhar de emoção.

A estrada me espera

e eu sei que além das aventuras tem os perigos

mas, mesmo assim, me sinto inclinada a correr

os quilômetros e os perigos que ela pode trazer.

Nada mais me prende aqui,

Àquele sorriso

Àquele olhar

o toque e o beijos

não são mais meus, a outra pertence

Porque se eu tiver que ficar

se for obrigada a ficar

que me prendam logo

me algemem

à aquela que aprendi amar.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s