#LezzBook: tips de romances lésbicos para todos os gostos

Oie lindaxxxx!

Mulher linda é aquela que lê, pensando nisso a Lezz Girl traz super dicas de romances lésbicos para todos os gostos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Ano em que Morri em Nova York

Milly Lacombe (Planeta, R$39,90)
Considerado por seus amigos um casamento perfeito, a protagonista dessa história divide a vida com a mulher que ama, mas após uma viagem a trabalho, ela desconfia que foi traída. Do impecável ao caos, as páginas desse livro mostram como um relacionamento pode chegar ao fim. É o romance de estreia da Milly Lacombe.

A Menina Submersa: Memórias

Caitlín R. Kiernan (Darkside, R$49,90)
India luta contra os problemas mentais que assombram a sua vida e são os fantasmas da sua própria genética (outras mulheres da sua família, que sofriam com os mesmos problemas, optaram pelo suicídio como alternativa). Ela, então, decide escrever um livro de memórias, afim de tentar reconstruir seus pensamentos. Ficção fantástica de primeira!

O Poço da Solidão

Radclyffe Hall (Record, R$89,90 – está com edição esgotada, mas é fácil de encontrar em sebos)
Stephen Gordon, apesar do nome masculino, é uma mulher. Na verdade, ela questiona muito essa posição e o papel que deveria cumprir por isso. Veste-se como homem, mas não é trans, ela apenas entende que se comportando dessa forma teria, ao menos em partes, a liberdade que tanto almeja, afinal, as mulheres são prisioneiras em seus próprios corpos. O que confunde ainda mais a sua cabeça, além de a fazer se sentir culpada e sozinha, é desejar outras mulheres. Lançado originalmente na década de 20, O Poço da Solidão foi proibido nos Estados Unidos e na Inglaterra por ser considerado imoral, sendo relançado em 1948. É considerado “a Bíblia do lesbianismo”.

No Bosque da Noite

Djuna Barnes (Codex – está fora de catálogo, mas é encontrado em sebos)
Em um formato que pode ser descrito como uma poesia em prosa, No Bosque da Noite conta a relação desordenada entre duas mulheres, Nora Flood e Robin Vote. De grande teor autobiográfico (Djuna teve um relacionamento destrutivo com a artista plástica Thelma Wood), o livro é considero uma obra-prima da literatura mundial.

Orlando

Virginia Woolf (Autêntica, R$64,90)
Quebrando as barreiras do tempo, corpo e sexualidade, Orlando conta a história do personagem homônimo que vive por séculos e em diferentes corpos, masculino e feminino, com todas as mazelas, temores e prazeres que ambos podem oferecer. Extremamente atual, o romance é referência quando o assunto é a subjetividade e fluidez da identidade e sexualidade humanas. O livro também é uma homenagem à poeta Vita Sackville-West, amante de Virgínia por muitos anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.