Carpe Diem

É difícil dizer adeus a quem se ama. Mais difícil ainda quando não temos a oportunidade de dizer adeus. 

Quando amamos alguém e não temos coragem para falar sobre nossos sentimentos, e essa pessoa nos deixa para sempre. Ficamos destroçados, despedaçados e cheios de dúvidas que nos acompanharão e nos atormentarão por toda a vida.

Os famosos “e se”

…e se eu tivesse segurado sua mão antes d’ela ir embora…

…e se eu a olhasse tão profundamente a ponto de ela perceber que era amada…

…e se eu a abraçasse e segurasse seu mundo despedaçado dentro dos meus braços…

…e se eu dissesse que estava tudo bem, que eu não importava com nada apenas com nós duas…

…e se eu a tivesse beijado…

…e se eu tivesse contado que ela era o amor da minha vida…

Depois que a pessoa que amamos vai embora o que nos resta é o sofrimento, a dor e o arrependimento por ter perdidos diversas chances de ter sido sincera sobre os sentimentos e encarar a vida como deveríamos. 

Não perca a oportunidade, mais vale passar vergonha que viver eternamente sofrendo por conta do que não foi dito, vivido ou sentido.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.